O conselho de Ibn Mas’uud ‎رضي الله عنه

Em nome de Allah, O Clemente, O Misericordioso

Ibn Mas’uud رضي الله عنه (que Allah esteja satisfeito com ele) disse:

“De facto, eu não gosto de ver um homem sendo ocioso (que não tem que fazer, que não trabalha); nem ocupado com qualquer coisa das ações (permissíveis) da vida mundana nem das ações da Outra Vida.” [1]

Ele رضي الله عنه disse:

“Existem dois assuntos que são destructivos:

▪️Auto-admiração (isto é, admirar-se a si próprio);

▪️Perder a esperança da misericórdia de Allah”. [2]

Ele رضي الله عنه disse:

“Adquire o conhecimento (Islâmico) antes que departa e o departir do conhecimento é por meio do desparecimento das suas pessoas (ou seja, com a morte dos Sábios). 

De facto, cuidado com:

▪️[التنَطُّع] ou seja, ir além do que Allah legislou em relação à prática da religião; 

▪️[تعمُّق] ou seja, olhar profundamente em assuntos de uma maneira que leva uma pessoa a ultrapassar os limites da legislação;

▪️[بدع] ou seja, inovação na religião.

E adere ao caso antigo (ou seja, o caminho dos Salaf-us-Saalih, Predecessores Piedosos)”.[3]

Referências:

[1] Al-Fawaa’id (página: 213).

[2] Hilyatul Awliyaa (7/298)

[3] Relatado por Al-Baihaqii رحمه الله em Al-Madkhal Ilaa As-Sunan Al-Kubraa (no.387); Ad-Daarimii رحمه الله em As-Sunan (1/54); Ibn Abdul Barr رحمه الله em Jaami Bayaan Al-Ilm (1/152); Al-Khatiib رحمه الله em Al-Faqiih wal-Mutafaqqih (1/43).

Traduzido por: Abu Faysal Ali Alburtugaali

44 Views
Partilha!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Next Post

Os Círculos e as Reuniões da Lembrança de Allah são os Jardins do Paraíso deste Mundo...

Sex Jun 19 , 2020
Chaikh Abd Ar-Razzaaq Al-Badr حفظه الله (que Allah o preserve) disse: [1] Na verdade, as reuniões da lembrança de Allah são os Jardins do Paraíso deste mundo. Imam Ahmad, A-Tirmidhii e outros narraram sobre a autoridade de Anas Ibn Maalik رضي الله عنه (que Allah esteja satisfeito com ele) que O Mensageiro de Allah صلى الله عليه وسلم (que os Elogios e […]