Entre o passado e o futuro…

Em nome de Allah, O Clemente, O Misericordioso

Ibnul Qayyim Al-Jawziyyah رحمه الله (que Allah tenha misericórdia para com ele):

A tua vida no momento [presente] está entre o passado e o futuro.

Então, o que te precedeu pode ser retificado com tawbah (arrependimento), nadam (penitência, remorso) e istighfar (pedindo o perdão de Allah). E isso é algo que não te vai cansar, nem fazer com que tu trabalhes (como farias com) um trabalho árduo. Pelo contrário, é uma ação do coração.
Em relação ao futuro, pode ser corrigido retendo-se dos pecados. E esse abandono é apenas o abandono de algo para ficar à vontade com isso. Isso também não é das ações dos membros, o que requer é que tu te esforces e te empenhes (no abandono dos pecados). Pelo contrário, esta é uma firme determinação e intenção do coração – que dará descanso ao teu corpo, coração e pensamentos.
Então, quanto ao que te precedeu, tu o corriges com arrependimento. E quanto ao futuro – então tu o corriges com firme determinação e intenção. Nenhum destes (passado e futuro) envolve qualquer dificuldade ou esforço dos membros.
Mas a tua atenção deve ser direcionada para a tua vida no presente. Se tu o desperdiças, terás desperdiçado a oportunidade de ser dos bem-aventurados e salvos. Se tu cuidares disso, tendo corrigido o passado e o futuro, então tu serás bem-sucedido e alcançarás descanso e felicidade eterna. No entanto, cuidar do presente é mais difícil do que o que vem antes e depois dele (isto é, o passado e o futuro) já que preservar o presente envolve manter aquilo que é mais digno e benéfico para a tua alma, e aquilo que lhe trará sucesso e bem-estar.

Fonte: Al-Fawaa’id (página: 151-152).

Traduzido por: Abu Faysal Ali Alburtugaali.

74 Views
Partilha!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Next Post

A humildade é o melhor adorno...

Ter Jun 16 , 2020
Imaam Ibn Hibbaan رحمه الله (que Allah tenha misericórdia para com ele) disse:  É obrigatório à pessoa sensata apegar-se à humildade e afastar-se da arrogância. E se a humildade não tivesse nenhum [bom] resultado excepto que sempre que uma pessoa é humilde, ela é elevada em estatuto, então teria sido obrigatório para a […]