Salamah bin Diinaar رحمه الله (que Allah tenha misericórdia para com ele) disse: Esconde as tuas boas ações da mesma forma que escondes as tuas más ações. Não te surpreendas com as tuas ações, pois tu não sabes se estás destinado a ser miserável ou feliz. Fonte: Chu’ab Al-Imaan de Al-Bayhaqii (6412). Traduzido […]

Ibraahiim bin Ad’ham escreveu para Sufyaan Ath-Thaurii رحمهما الله (que Allah tenha misericórdia para com os dois) dizendo: ▪️Quem sabe o que está procurando (ou seja, O Prazer de Allah, o Paraíso etc), ele menosprezará as [boas] ações que ele faz; ▪️Quem deixa a sua visão vaguear livremente (ou seja, olhando para tudo), […]

Muhammad Ibn Ka’b Al-Qurdhii رحمه الله (que Allah tenha misericórdia para com ele) disse: Se Allah deseja bem para o servo, então coloca nele três qualidades: ▪️Entendimento da religião [Islâmica];▪️Abstinência dos prazeres [desnecessários] da vida mundana;▪️Estar ciente dos seus [próprios] defeitos. Fonte: Kitaab Az-Zuhd de Ibnul Mubaarak (página: 282). Traduzido por: Abu Faysal Ali […]

Ibn Rajab رحمه الله (que Allah tenha misericórdia para com ele) disse: Consumir pouca comida causa amolecimento do coração, fortalecimento da compreensão, humildade da alma e enfraquecimento dos desejos e raiva. Consumir muita comida causa o oposto de tudo isso. Fonte: Jaami Al-Uluum wal-Hikam (página: 791). Traduzido por: Abu Faysal Ali Alburtugaali. 47 […]

Yuusuf Bin Asbaat رحمه الله (que Allah tenha misericórdia para com ele) disse: Eu ouvi Sufyaan A-Thawrii رحمه الله dizer: Eu não vi menor abstinência em nada do que o amor pela liderança. Tu vês um homem abstendo-se da comida, bebida e roupas, mas quando a liderança lhe é apresentada, então ele se torna apaixonado por […]

Ibnul Qayyim رحمه الله (que Allah tenha misericórdia para com ele) disse: O coração que está ligado a desejos vãos não será capaz de estabelecer Az-Zuhud [abstinência daquilo que não beneficiará uma pessoa na Al-Aakhirah] nem Al-Wara [abandonar (por receio) o que possa vir a prejudicar uma pessoa na Al-Aakhirah].  Fonte: Al-Fawaa’id (página: […]