Testemunho de Fé no momento da morte…

Em nome de Allah, O Clemente, O Misericordioso

Imaam Ibnul Qayyim ‎رحمه الله (que Allah tenha misericórdia para com ele) disse:

O Testemunho de Fé, isto é, testemunhar que ‘Não há nenhuma divindade com o direito de ser adorada, excepto Allah’, no momento da morte, elimina as más ações. Isso porque, quem o pronuncia no momento da partida deste mundo fá-lo com certeza e com conhecimento do seu verdadeiro significado. Todos os seus desejos, isto é, os desejos pela vida mundana chegam ao fim e a sua alma rebelde torna-se branda e submissa após o estado de recusa e desobediência – um estado de aprovação depois de se recusar e um estado de humildade depois de ser mantido em alta estima. A ânsia do coração e da alma pela vida mundana e os seus méritos se afasta e se distancia [de tudo], enquanto na presença de seu Senhor, Originador e Verdadeiro Protector; humilde na presença de seu Senhor, esperançoso do Seu perdão.

A Crença na Unicidade de Allah ‎سبحانه وتعالى (que Allah é o Criador, Provedor e o Único no controle de todos os assuntos do universo); e que Allah ‎‎عز وجل sozinho tem nomes e atributos perfeitos e que nada nem ninguém é semelhante a Allah; e que Allah [somente] tem o direito de ser adorado – livra e distancia a alma daquilo que leva ao Chirkh (politeísmo) e manifesta a realidade da sua falsidade (isto é, da falsidade do Chirkh). Portanto, aqueles desejos com os quais a alma se ocupou [na vida mundana] cessam [no momento de partida deste mundo] e toda a sua preocupação é dirigida para Aquele que é certo de encontrar (isto é, Allah).

A pessoa [que é abençoada com a capacidade de proferir este Testemunho de Fé] concentra a sua atenção completamente em Allah – volta-se para Allah com a sua alma e submete-se a Allah sozinho, internamente e externamente. O caso oculto da pessoa (isto é, o coração e alma) e o assunto externo (ou seja, o que ele proclama) testemunham a mesma coisa, então ele diz sinceramente: ‘Não há nenhuma divindade com o direito de ser adorada, excepto Allah’. O seu coração é libertado do apego a outro que Allah – todos os desejos mundanos deixam o coração porque ele é prestes a ficar na presença de Allah. A intensidade do seu desejo [pela vida mundana] se extingue e o coração se enche com o desejo da vida após a morte e isso torna-se a atenção dos seus olhos, assim como a vida mundana é esquecida. Quando este sincero testemunho é o seu último feito, purifica-o dos pecados e assim Allah o coloca numa posição nobre. Isso porque ele encontra Allah تبارك وتعالى com um testemunho verdadeiro e puro, cuja manifestação externa está de acordo com a interna (o que está oculto no coração e na alma).”

Fonte: Al-Fawaa’id, Página: 91-92.

Traduzido por: Abu Faysal Ali Alburtugaali.

88 Views
Partilha!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Next Post

O coração é o rei e os órgãos são os soldados...

Sex Jun 5 , 2020
Chaikh Ali Naasir al-Faqihii ‎حفظه الله (que Allah o preserve) disse: “Estas são as Quatro Regras Fundamentais [1], que o muçulmano beneficia ao longo da sua vida. E elas (as Quatro Regras) tratam de assuntos da Crença, e sabe-se que se a Crença for Correta e Sá, todo o resto será assim. […]