O Objectivo da Oferta Sacrificial (Al-Udhiyah)

Em nome de Allah, O Clemente, O Misericordioso

Allah – O Altíssimo – disse:

لَنۡ يَّنَالَ اللّٰهَ لُحُـوۡمُهَا وَلَا دِمَآؤُهَا وَلٰـكِنۡ يَّنَالُهُ التَّقۡوٰى مِنۡكُمۡ

“Nem a carne nem o sangue alcançam Allah, mas é a Taqwaa (piedade, temer Allah) de vocês que O alcança.”

[Suurat-ul-Hajj: 37]

Chaikh Abdur-Rahman As-Sa’dii رحمه الله (que Allah tenha misericórdia para com ele) disse:

O objetivo e a intenção por detrás do sacrifício não é apenas sacrificar os animais, porque nada da carne ou do sangue dos animais sacrificiais alcança Allah, pois Ele é Independente, livre de todas as necessidades e O que é Louvado merecidamente.
No entanto, a única coisa que O alcança é a sinceridade na realização do sacrifício, a busca da recompensa e a boa intenção; por esse motivo Ele – O Altíssimo – disse:

وَلٰـكِنۡ يَّنَالُهُ التَّقۡوٰى مِنۡكُمۡ

“Mas é a Taqwaa (piedade, temer Allah) de vocês que O alcança.”

Nisto, há uma motivação e um encorajamento para ser sincero na realização do sacrifício, e na intenção e no objetivo de procurar o Semblante (Rosto) de Allah unicamente. Não deve envaidecer-se, exibir-se ou para ser mencionado pelas pessoas, ou simplesmente por cultura ou seguir costumes.
Todos os actos de adoração devem ser acompanhados com sinceridade e piedade; se não, será como uma concha vazia, como um corpo que não sem alma.

Fonte: Taysiir Al-Kariim Ar-Rahmaan fii Tafsir Kalaam Al-Mannaan (3/1101).

Traduzido por: Abu Faysal Ali Alburtugaali.

13 Views
Partilha!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Próximo Artigo

O mérito de jejuar o Dia de Arafah

Ter Jul 28 , 2020
Abu Qataada رضي الله عنه (que Allah esteja satisfeito com ele) disse que o Profeta صلى الله عليه و سلم (que os Elogios e a Paz de Allah estejam sobre Ele) foi questionado sobre o jejum do dia de Arafah; Ele ﷺ respondeu: Expia os pecados do ano passado e do ano seguinte. Fonte: Sahiih Muslim (no.1162). Traduzido por: Ruben Al Andalussi. […]